Canoa

Informações

Nome do Cântico: Canoa

Autor(a): CNE

Inserido em: 22 de Julho de 2015

Ré                     Lá
Não deixes cair teus olhos,
Sol                  Mi-
Nem te deixes enganar.
Ré                                    Lá
Olha de frente os escolhos,
Mi-      Sol       [Lá]      Ré
Olha, podes encalhar.

É urgente estar atento,
Ver para onde corre a maré.
Ver donde sopra o vento,
Não vás tu perder o pé.

Ré      Sol                              Lá
BP é quem nos diz Oh, Oh,
Ré Lá Ré
impele a tua própria canoa
Sol                    Lá
Se queres mesmo ser feliz.
Sol            Si-
Não te deixes ir à toa,
Ré                        Lá
Impele a tua própria canoa,
Sol      Lá              Ré
Impele a tua própria canoa.


A vida não é deserto,
Não queiras ficar no cais.
BP é rumo certo,
Decide tu aonde vais,
Não queiras ficar no cais.

Não deixes cair teus olhos,
Nem te deixes enganar.
Olha de frente os escolhos,
Olha, podes encalhar.
É urgente estar atento,
Ver para onde corre a maré.
Ver de onde sopra o vento,
Não vás tu perder o pé.

BP é quem nos diz:
Oh, Oh, impele a tua própria canoa
Se queres mesmo ser feliz.
Não te deixes ir à toa,
Impele a tua própria canoa,
Impele a tua própria canoa.

A vida não é deserto,
Não queiras ficar no cais.
BP é rumo certo,
Decide tu para onde vais,
Não queiras ficar no cais.

BP é quem nos diz:
Oh, Oh, impele a tua própria canoa
Se queres mesmo ser feliz.
Não te deixes ir à toa,
Impele a tua própria canoa,
Impele a tua própria canoa.

2 pessoas gostam deste cântico.