Maria, Tu fixaste meus olhos

Informações

Nome do Cântico: Maria, Tu fixaste meus olhos

Autor(a): Desconhecido

Inserido em: 27 de Janeiro de 2016

Ré Lá7 Ré Ré7
Quando floriu na minha alma
Sol
Terna vida…
Lá7
E quis ter amparo
Ré Lá7 Ré
Ergui a fronte para as alturas...


Sol Ré
Maria, tu fixaste meus olhos,
Lá Lá7 Ré Ré7
Meigamente, meu nome chamaste…
Sol Mi- Ré Si-
Nessa hora eu abri um sorriso
Mi- Lá Lá7 Ré
E em Ti, encontrei outra mãe.


Quando cresci em idade
E sonhei…
Olhei as estrelas
E entre elas eu vi Teu rosto.

Quando surgiu a serpente,
Tentadora…
Saiu dos meus lábios
A prece ardente: socorro Mãe!

Quando chegar noite triste
A envolver-me…
Que as nuvens se rasguem
E apareça clarão de aurora.

Quando floriu na minha alma
Terna vida…
E quis ter amparo
Ergui a fronte para as alturas...

Maria, tu fixaste meus olhos,
Meigamente, meu nome chamaste…
Nessa hora eu abri um sorriso
E em Ti, encontrei outra mãe.


Quando cresci em idade
E sonhei…
Olhei as estrelas
E entre elas eu vi Teu rosto.

Maria, tu fixaste meus olhos,
Meigamente, meu nome chamaste…
Nessa hora eu abri um sorriso
E em Ti, encontrei outra mãe.


Quando surgiu a serpente,
Tentadora…
Saiu dos meus lábios
A prece ardente: socorro Mãe!

Maria, tu fixaste meus olhos,
Meigamente, meu nome chamaste…
Nessa hora eu abri um sorriso
E em Ti, encontrei outra mãe.


Quando chegar noite triste
A envolver-me…
Que as nuvens se rasguem
E apareça clarão de aurora.

Maria, tu fixaste meus olhos,
Meigamente, meu nome chamaste…
Nessa hora eu abri um sorriso
E em Ti, encontrei outra mãe.

Ainda ninguém gosta deste cântico.

Download

Palavras-Chave

Partilha