Tela Branca

Informações

Nome do Cântico: Tela Branca

Autor(a): Pe. Nuno Tovar Lemos

Inserido em: 02 de Março de 2016

Introdução: Dó Dó/Si Lá- Mi-7 Fá Ré- Mi

Dó Dó/Si Lá-
__ No silêncio alguém falou:
Mi-7 Fá Sol Dó Sol Dó
“Avé tu Maria és de Deus.”
Dó/Si Lá-
E Maria respondeu:
Mi-7 Fá Ré- Mi
“Eis-me aqui Senhor, os meus sonhos são os teus.”

Lá7+ Fá#- Si-7
És a praia ao acordar, tela branca onde o pintor
Mi Lá7+
Pôde sonhar e até criar um quadro seu.
Fá#-
Quando o raio da manhã
Si-7
Entra em casa e, devagar,
Si7 Mi Mi7
__ No silêncio nasce a cor.
Lá7+ Fá#-
E nos teus braços
Si-7 Mi Lá7+
Jesus em paz sorriu, ó Mãe.


P’las montanhas de Judá corres,
Campos verdes tudo em flor.
Escuta amiga o que Deus fez,
Minha alma dança em festa,
É tão grande o Senhor.

Refrão

Entre a gente, à beira-mar,
Escutas o Profeta a falar.
Guardas no teu coração
Cada gesto, cada imagem e Ele pára p’ra te olhar.

Junto à cruz, sem entender,
Esperas; mar cinzento, vendaval.
E então Jesus segredou:
“São Teus filhos, Mãe; tens agora uma missão.”

Refrão

No silêncio alguém falou:
“Avé tu Maria és de Deus.”
E Maria respondeu:
“Eis-me aqui Senhor, os meus sonhos são os teus.”

És a praia ao acordar, tela branca onde o pintor
Pôde sonhar e até criar um quadro seu.
Quando o raio da manhã
Entra em casa e, devagar,
No silêncio nasce a cor.
E nos teus braços
Jesus em paz sorriu, ó Mãe.


P’las montanhas de Judá corres,
Campos verdes tudo em flor.
Escuta amiga o que Deus fez,
Minha alma dança em festa,
É tão grande o Senhor.

És a praia ao acordar, tela branca onde o pintor
Pôde sonhar e até criar um quadro seu.
Quando o raio da manhã
Entra em casa e, devagar,
No silêncio nasce a cor.
E nos teus braços
Jesus em paz sorriu, ó Mãe.


Entre a gente, à beira-mar,
Escutas o Profeta a falar.
Guardas no teu coração
Cada gesto, cada imagem e Ele pára p’ra te olhar.

Junto à cruz, sem entender,
Esperas; mar cinzento, vendaval.
E então Jesus segredou:
“São Teus filhos, Mãe; tens agora uma missão.”

És a praia ao acordar, tela branca onde o pintor
Pôde sonhar e até criar um quadro seu.
Quando o raio da manhã
Entra em casa e, devagar,
No silêncio nasce a cor.
E nos teus braços
Jesus em paz sorriu, ó Mãe.

3 pessoas gostam deste cântico.